Tipos de inox: é tudo a mesma coisa? Descubra aqui!

Tipos de inox: é tudo a mesma coisa? Descubra aqui!

Tipos de inox: é tudo a mesma coisa? Descubra aqui!

8 de julho de 2021

Tipos de inox: é tudo a mesma coisa? Descubra aqui!

Na indústria, o aço inox é uma das matérias-primas mais usadas, porque independentemente dos tipos de inox, ele pode ser encontrado em parafusos, em componentes usados nas estruturas, em elementos próprios para acabamento, entre outros.

As principais características do aço inox

O inox é usado em diferentes segmentos e em larga escala, porque ele é um elemento que resiste à oxidação. Esse material conta com uma camada de cromo que é fina e invisível, mas que atua para retardar o processo de corrosão causado pelo ar. A crosta ainda atua impedindo que os tipos de aço inox fiquem enferrujados quando entram em contato com a água. 

Quais são os tipos de inox?

A norma American Iron and Steel Institute (AISI) é usada para classificar os diferentes tipos de inox. As numerações que o elemento recebe indicam o quanto de cada elemento foi usado na fabricação dos tipos de inox.  Entre os tipos de inox aparecem os chamados austeníticos, duplex, ferríticos e martensíticos. Nos próximos tópicos falaremos de forma específica de cada um dos tipos de inox. Confira!

Austeníticos

A família dos austeníticos é formada pelos tipos de inox chamados de 304, 304L, 316 e 316L. Em sua produção são usados de 17% a 25% de cromo e de 7% a 20% de cromo. No mercado, eles são os mais usados, porque não correm com tanta facilidade e podem ser conformados, de acordo com a necessidade. Como podem ser conformados, eles são muito usados na composição do guarda corpo inox.

O 304 é o mais famoso, porque apresenta resistência alta à corrosão e a ferrugem não aparece. Por esses motivos, ele é empregado na fabricação de equipamentos para hospitais, como o Mectron. e em coifas que são comuns em cozinhas e elementos usados ainda em indústrias químicas e petroquímicas.

 O 304L é uma versão aprimorada do mencionado anteriormente. Ele é produzido com menor quantidade de carbono o que faz com que ele seja mais resistente à oxidação. Dadas as características, a cadeira de banho e barra de apoio são fabricadas com ele.

O 316 conta com a mesma composição que o 304, porém o diferencial está na presença de 2,5% de molibdênio. Ele é indicado para uso em artefatos de inox para cirurgias ou em ambientes que sofrem com a ação da maresia ou com produtos químicos.

Duplex

Como são capazes de suportar melhor a corrosão quando estão sob tensão, o inox chamado de duplex seu uso é indicado em evaporadores, destiladores, corrimão, dutos e tanques com portinholas diversos.

Ferríticos

Outro opção dentre os tipos de inox são os classificados como ferríticos. Eles são produzidos com cromo em uma quantidade que varia de 11 a 20% e o carbono não ultrapasse 0,08%.Como tem mais ferro em sua composição, estão mais sujeitos a oxidação. Devido a isso, seu uso é indicado para locais que sofram com as oscilações de temperatura. Com essa característica, é comum ver o seu uso em puxadores e grelhas.

Martensíticos

Os martensíticos são os tipos de aço inox que podem ser usados para a fabricação de pás, turbinas e válvulas e de outros itens que são usados em temperaturas elevadas. É comum ainda ver o emprego dos martensíticos em facas, bisturis, pinças e demais ferramentas.

Qual é o melhor tipo de inox?

Agora que você já conhece os tipos de aço inox, a pergunta com certeza é qual o melhor, não é mesmo? A resposta sempre será aquela que atende a sua necessidade. 

Conheça nossos serviços:

Solicite um orçamento